Supremo derruba supersalários no Tribunal de Contas do Município de SP.

SÃO PAULO - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, derrubou nesta segunda-feira, 3, decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) de novembro que determinava o pagamento de salários acima do teto constitucional para 168 servidores do Tribunal de Contas do Município (TCM) de São Paulo.


A decisão do TJ-SP suspensa por Barbosa também determinava o pagamento, de uma só vez, da diferença acumulada de fevereiro até novembro entre o teto constitucional e o contracheque original dos servidores - um montante de cerca de R$ 13 milhões.
Os servidores do TCM tiveram os supersalários reduzidos em fevereiro, por decisão do presidente do TCM, Edson Simões. Alguns deles tinham contracheques superiores a R$ 50 mil, mais que o dobro do teto constitucional, que na cidade de São Paulo equivale ao salário do prefeito, hoje em R$ 24.117,62.
À época, Simões justificou sua decisão na Emenda Constitucional 41/03, que define o teto do funcionalismo em todo o País, e na Lei Municipal 15.401/11, que estabeleceu o valor do subsídio do prefeito da capital paulista.
Insatisfeitos, os 168 funcionários que ganhavam acima do teto, assessorados pelo escritório Duarte Garcia, Caselli Guimarães e Terra, recorreram à Justiça. Alegaram que o corte lhes causava "danos gravíssimos, abalando toda sua estrutura familiar" e lembraram que tinham "compromissos e obrigações para honrar". Afirmaram, ainda, que seus holerites eram "direito adquirido" e que não poderiam ter os vencimentos reduzidos.
O Órgão Especial do TJ-SP acolheu o argumento dos servidores e determinou, no final de novembro, por 12 votos a 7, que a redução dos vencimentos era inconstitucional. A decisão, no entanto, acabou suspensa por Barbosa até que o Supremo discuta o mérito da questão.
O TCM afirmou, por meio de nota, que recorreu ao STF devido a "questões econômicas e administrativas" e que concessão da liminar era "o esperado e o correto". O advogado dos servidores, Luis Eduardo Menezes Serra Netto, afirmou que aguardava a decisão de Barbosa com “curiosidade, pois não dá para saber para que lado ele vai correr” e que recorrerá.
Demora. A batalha para aplicar um teto remuneratório ao funcionalismo público vem desde 1998, quando foi editada a primeira emenda constitucional para regulamentar o tema. Na capital paulista, a limitação salarial virou realidade somente no ano passado, com a edição da lei municipal que definiu o valor do subsídio do prefeito.
Além do TCM, em abril a Câmara Municipal de São Paulo também impôs o teto e reduziu os vencimentos de 96 servidores ativos e inativos que ganhavam supersalários. A lista, revelada pelo Estado, incluía um contracheque de R$ 46 mil pago um procurador legislativo. Em seis meses, o corte rendeu economia de R$ 30 milhões.
Os servidores da Câmara acionaram a Justiça contra o teto constitucional e, assim como no caso do TCM, o TJ-SP decidiu favoravelmente aos funcionários, determinando a volta dos supersalários. A Câmara recorreu e aguarda decisão do STF.

Vamos para o teatro?!?!?!?

A Ballare Escola de Dança convida a todos para prestigiar mais uma de suas produções.

Este ano a escola apresentará o espetáculo "A Bela Adormecida", um dos mais belos e conhecidos ballets de todos os tempos. Entre crianças e bailarinos profissionais, serão levados ao palco toda a magia do conto de fadas com muita dança e interpretação.

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Theatro da Paz, garanta logo o seu e prestigie o espetáculo.

Serviço:
A BELA ADORMECIDA
Theatro da Paz
08/12, 20h
09/12, 18h

Internauta denuncia falta de higiene no Portal da Amazônia.

Portal da Amazônia é um projeto da Prefeitura Municipal de Belém, financiado com recursos Estaduais, Federais e até mesmo internacionais, que foi inaugurado há muito pouco tempo em nossa Capital, com fortes denúncias de desvio de verba, agora o que assombra o Portal são as denúncias de falta de higiene nos quiosques instalados no local.

Quem é o palhaço?

Meus amigos... vamos pensar bem na hora de eleger os nossos representantes!
Não aceitem atos de corrupção!
Não sejam cúmplices dos corruptos e nem dos corruptores!

I dreamed a dream

Hoje eu acordei pensando nos sonhos que já tive, nos planos que já fiz... mas que a vida acabou sabotando!
Decidi!
Vou retomá-los!

Pra não dissertar tanto sobre os sonhos, deixarei esta música para reflexão!
I Dreamed A Dream Les Miserables
There was a time when men were kind
When their voices were soft
And their words inviting.
There was a time when love was blind
And the world was a song
And the song was exciting.
There was a time ... then it all went wrong

I dreamed a dream in time gone by
When hopes were high and life worth living,
I dreamed that love would never die
I dreamed that God would be forgiving.

That I was young and unafraid,
When dreams were made and used and wasted.
There was no ransom to be payed,
No song unsung, no wine untasted.

But the tigers come at night,
With their voices soft as thunder,
As they tear your hope apart
As they turn your dreams to shame

He slept a summer by my side.
He filled my days with endless wonder,
He took my childhood in his stride,
But he was gone when autumn came.

And still I dreamed he'd come to me
And we would live the years together,
But there are dreams that cannot be
And there are storms we cannot weather.

I had a dream my life would be
So different from this hell I'm living
So different now from what it seemed
Now life has killed the dream
I dreamed.

Anatel proíbe 3 das 4 grandes operadoras de venderem novas linhas

SBT Brasil

Anatel proíbe 3 das 4 grandes operadoras de venderem novas linhas


publicado em 18/7/2012 às 19:50

A Agência Nacional de Telecomunicações puniu três das quatro maiores operadoras do país. Tim, Oi e Claro, que juntas têm cerca de 70% do mercado de telefonia móvel do Brasil, estão proibidas de vender linhas e planos em vários estados.

A Tim está proibida de vender ou ativar novos chips em 15 estados; a Oi, em seis; e a Claro, em três. Apenas a Vivo, que é a maior operadora do país, está liberada para oferecer novas linhas.

A Anatel avaliou cada uma dessas empresas durante os últimos seis meses. Para tomar essa decisão, a agência se baseou no grande número de reclamações dos consumidores. A principal queixa é que as chamadas caem no meio do telefonema.

As três operadoras vão ter que apresentar um plano de investimento para os próximos dois anos. Também serão obrigadas a melhorar a qualidade dos serviços, da infraestrutura e do atendimento ao consumidor.

Confira onde as operadoras estão proibidas de vender:
CLARO
- Santa Catarina
- Sergipe
- São Paulo
OI
- Amazonas
- Amapá
- Mato Grosso do Sul
- Roraima
- Rio Grande do Sul
TIM
- Acre
- Alagoas
- Bahia
- Ceará
- Distrito Federal
- Espírito Santo
- Goiás
- Maranhão
- Minas Gerais
- Mato Grosso
- Pará
- Paraíba
- Pernambuco
- Piauí
- Paraná
- Rio de Janeiro
- Rio Grande do Norte
- Rondônia
- Tocantins

Fim da feira

Encerra hoje a programação da 10° edição da Feira Out Let promovida pela Associação Comercial do Pará.

Segundo informações da assessoria, no próximo ano a Feira Multisetorial ocorrerá no mês de agosto.

Estaremos lá!

Demóstenes pede desfiliação do DEM e acusa o partido de fazer pré julgamento!

O senador Demóstenes Torres (GO) pediu desfiliação do DEM nesta terça-feira (3) em carta enviada à direção do partido. A decisão foi tomada após a legenda anunciar a abertura de um processo disciplinar para apurar se o senador usou seu mandato para favorecer o contraventor Carlos Augusto Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso pela PF em fevereiro sob a acusação de comandar um esquema de jogo ilegal em Goiás. O processo disciplinar poderia levar à expulsão de Demóstenes do partido.

Decisão foi tomada após abertura de processo que poderia levar à expulsão.
Parlamentar alega que houve 'pré-julgamento público' por parte da legenda.




"Embora discordando frontalmente da afirmação de que eu tenha me desviado reiteradamente do Programa Partidário, mas diante do pré-julgamento público que o partido fez, comunico a minha desfiliação do Democratas", diz carta assinada pelo senador e entregue ao presidente da legenda, senador Agripino Maia (RN) - veja a íntegra da carta.
Com o pedido de desfiliação, o processo que poderia resultar na expulsão do senador do partido perde o sentido.

Mesmo fora do partido, Demóstenes continua no cargo e ainda pode responder a processo no Conselho de Ética do Senado por quebra de decoro parlamentar, o que pode resultar em cassação e, consequentemente, na perda do direito de se eleger. Na semana passada, foi protocolada representação na Comissão de Ética pedindo investigação do envolvimento do parlamentar com Cachoeira.

O DEM vinha cobrando explicações públicas de Demóstenes. O partido queria que ele apresentasse justificativas ou fizesse um pronunciamento na tribuna do Senado. Mas o senador argumentou que precisa de mais tempo para analisar o inquérito ao qual responderá no Supremo Tribunal Federal.


Carta de desfiliação de Demóstenes Torres (Foto: Nathalia Passarinho / G1)
Foto: Nathália Passarinho/G1


Fonte: Portal G1

Uma semana muito triste para o Brasil

O escritor, desenhista, dramaturgo e humorista Millôr Fernandes morreu na noite de terça-feira (27), no Rio de Janeiro, aos 87 anos. Ele estava em casa e foi vítima de falência de órgãos múltiplos.

Um patrono dos cartunistas brasieiros, há polêmica sobre a data de nascimento de Millôr. A família não sabe ao certo se foi em 16 de agosto de 1923 ou em 27 de maio, mas a carteira de identidade do desenhista aponta como certo o dia 27 de maio de 1924. Nascido no Meier, bairro do Rio de Janeiro, Millôr deveria ter se chamado Milton Viola Fernandes. Porém, por causa de uma caligrafia duvidosa, foi registrado como Millôr – fato só descoberto por ele aos 17 anos.

VEJA CHARGES E AMOSTRAS DA OBRA DE MILLÔR FERNANDES

12:30

Vamos ficar de olho!

Acompanhe a ação contra o BRT

Foi distribuída hoje a ação civil pública iniciada pelo MPF, para apurar irregularidades na Concorrência nº 034/2011 e impedir que sejam repassadas verbas federais ao projeto do BRT, da prefeitura de Belém. O processo nº 0006074-25.2012.4.01.3900 tramita na 5ª Vara da Justiça Federal de Belém, e será apreciado pela juíza Ana Carolina Campos de Aguiar. Acompanhe clicando aqui.

Processo:0006074-25.2012.4.01.3900
Classe:65 - AÇÃO CIVIL PÚBLICA
Vara:5ª VARA FEDERAL
Juíza:ANA CAROLINA CAMPOS AGUIAR
Data de Autuação:06/03/2012
Distribuição:2 - DISTRIBUICAO AUTOMATICA (06/03/2012)
Nº de volumes:
Assunto da Petição:1140000 - LICITAÇÕES E CONTRATOS - ADMINISTRATIVO
Processo Originário:123000000067201236
Observação:APURAR IRREGULARIDADES NA CONCORRÊNCIA PÚBLICA N 034/2011 DE 02.02.2012 - DESTINADO À IMPLANTAÇÃO PELA PREFEITURA DE BELÉM DO SISTEMA BRT NAS AVENIDAS ALTE BARROSO AUGUSTO MONTENEGRO

Faça sua parte! Participe da 1ª CONSOCIAL!


O próximo dia 3 de março foi definido como data para a realização da 1ª Conferência sobre Transparência e Controle Social no Município de Belém – 1ª Consocial Belém. A decisão foi tomada nesta segunda-feira, em reunião no auditório Jarbas Passarinho, do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, pelos vinte e cinco representantes das entidades do Comissão Organizadora Municipal(Comu) presentes à reunião. Também foi definida a Escola Técnica Estadual Magalhães Barata como local para a realização da conferência. A Comu tem por objetivo organizar e supervisionar todas as ações inerentes ao processo da conferência, e é presidida pelo Conselheiro Cezar Colares(TCM-PA).

Em preparação ao encontro, foram definidas três comissões de trabalho. Comissão de Mobilização e Divulgação, Infra-estrutura e Orçamento e de Sistematização Técnica. Cada uma reuniu em separado, para definição e encaminhamento das tarefas. A expectativa é de que 500 pessoas participem da conferência. Na próxima quinta-feira 16/02 as Comissões voltam a se reunir, na sede do TCM-PA, em Belém, a partir das 15 horas, para dar prosseguimento aos trabalhos.

A Consocial tem entre seus objetivos fazer com que a sociedade de Belém discuta a ideia de transparência e controle social. É composta por representantes do Poder Público, Sociedade Civil e Conselhos de Políticas Públicas.

Lei da Ficha Limpa poderá ser adotada também no Poder Executivo

Estabelecida pelo Supremo Tribunal Federal a validade da Lei da Ficha Limpa para as eleições municipais deste ano, o Congresso Nacional trabalha agora para que ela seja aplicada também a cargos do Poder Executivo. Tramita na Câmara dos Deputados uma poposta de emenda à Constituição (PEC) pela qual as pessoas consideradas inelegíveis segundo os critérios desta lei também sejam impedidos de assumir postos em ministérios, secretarias estaduais ou prefeituras, bem como cargos de chefia em órgãos da administração direta.
A PEC, de autoria do deputado Sandro Alex (PPS-PR), visa a evitar que políticos que ficariam fora da vida pública por meio de cargos eletivos sejam acomodados no Poder Executivo em função das alianças partidárias. Segundo o deputado, hoje, há candidatos ficha suja ganhando como prêmio de consolação cargos mais importantes no Executivo.
"A população exige que, para os cargos do Executivo, sejam cumpridos os mesmos princípios da moralidade e probidade exigidos para os cargos eletivos", completa Alex, cuja proposta também impede os ficha-suja de assumir cargos de confiança ou funções comissionadas, que são exercidas por funcionários efetivos.
O assunto está sendo tratado pelo governo federal. Segundo a Controladoria-Geral da União, há um debate em andamento envolvendo a Casa Civil, o Ministério da Justiça e a Advocacia-Geral da União, além da própria CGU. A assessoria de imprensa da CGU informou, porém, que ainda não há uma definição sobre a proposta.
A ideia já conta inclusive com apoio de parlamentares da base aliada do governo. É o caso do senador Pedro Simon (PMDB-RS), que foi um dos maiores defensores da Ficha Limpa no Congresso. "Se a presidenta [Dilma Rousseff], amanhã ou nos próximos dias, disser que vale também no Executivo, que só pode assumir quem tem ficha limpa e capacidade para o cargo, seria fantástico", disse Simon, após saber da decisão do Supremo pela constitucionalidade da lei. Na Câmara, mais de 200 deputados, entre oposicionistas e governistas, apoiaram e assinaram a PEC de Sandro Alex.
Entre os oposicionistas, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) foi o primeiro a cobrar que governadores, prefeitos e a presidenta Dilma adotem os critérios da Lei da Ficha Limpa para nomear seus subordinados. "O exemplo da lei, aprovada no Legislativo e agora declarada constitucional pelo Supremo, tem que ser seguido pelo Executivo. Aí vamos conseguir construir uma política mais republicana", afirmou Randolfe.
A Lei da Ficha Limpa teve iniciativa popular e foi aprovada pelo Congresso Nacional em 2010, alguns meses antes das eleições gerais daquele ano. Diversos candidatos eleitos não tomaram posse em 2011 com base nos artigos da lei que consideram inelegíveis aqueles que foram condenados por órgão colegiado (segunda instância) por crimes hediondos, crimes contra o patrimônio público e improbidade administrativa, entre outros.
Fonte: Agência Brasil

Senado marca data para votar reforma política

Propostas que tratam do financiamento público de campanha, da exigência de referendo para alteração no sistema eleitoral do país e de mudança na data de posse de presidente da República, governadores e prefeitos devem ser votadas no dia 21 de março em Plenário. Também pode ser incluída nesta lista proposição que altera regras para coligações partidárias, caso a matéria não receba emendas durante as sessões de discussão.
Ao optar por concentrar a votação das matérias da reforma política em uma sessão exclusiva para esse propósito, o presidente do Senado, José Sarney, seguiu sugestão dos líderes, de dar prioridade ao exame das proposições já prontas para votação em Plenário.
O projeto ( PLS 268/2011 ) que estabelece o financiamento público exclusivo das campanhas eleitorais foi aprovado no ano passado terminativamente pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), em votação apertada. A matéria poderia ter ido direto à Câmara, mas recebeu recurso para ser votada pelo Plenário do Senado.
Outra matéria pronta para votação, em primeiro turno, é a PEC 38/2011 , que muda a data da posse de presidente da República para o dia 15 de janeiro e a de governadores e prefeitos para 10 de janeiro. A proposta recebeu emenda no Plenário, já aprovada na CCJ, para determinar que os mandatos dos deputados estaduais e distritais eleitos em 2014 sejam encerrados em 31 de janeiro de 2019. Essa emenda visa unificar a data de posse dos deputados estaduais e distritais em todo o país.
Os senadores também devem decidir, em primeiro turno, sobre a PEC 42/2011 , que determina que qualquer alteração no sistema eleitoral dependerá de aprovação em referendo popular. PECs precisam passar por dois turnos de discussão e votação.
Coligações
A proposta ( PEC 40/2011 ) que permite coligações eleitorais apenas nas eleições majoritárias (para presidente da República, governador e prefeito) também pode ser incluída na pauta do Plenário do dia 21 de março para votação em primeiro turno, mas antes precisa passar por cinco sessões de discussão, já programadas para os dias 13, 14, 15, 20 e 21. A votação dessa PEC poderá ser adiada caso a matéria receba emendas de Plenário, que precisarão ser analisadas pela CCJ.
Suplência e fidelidade partidária
Outras duas matérias que integram o conjunto de propostas da reforma política receberam emendas de Plenário e agora aguardam posição da Comissão de Constituição e Justiça: aPEC 37/2011 , que muda as regras para suplência de senador, e o PLS 266/2011 , que trata da fidelidade partidária.
A PEC 37/2011 reduz de dois para um o número de suplentes de senador e proíbe que o suplente seja cônjuge ou parente do candidato ao Senado. Também estabelece que sejam convocadas novas eleições no caso de vacância permanente do cargo. A emenda de Plenário, apresentada por Romero Jucá (PMDB-RR), prevê que, em caso de vacância decorrente de homicídio do titular, o suplente será convocado, para assegurar que um aliado político assumirá o mandato. O senador Luiz Henrique (PMDB-SC) foi designado para emitir relatório sobre a emenda.
Quanto à fidelidade partidária, a CCJ já havia aprovado projeto prevendo que não ocorrerá perda de mandato quando a desfiliação partidária ocorrer por justa causa, ou seja, por incorporação ou fusão de legenda, desvio de programa partidário e grave discriminação pessoal.
A comissão excluiu a criação de novo partido como justa causa para desfiliação partidária, mas essa possibilidade foi reapresentada em emenda de Plenário, que agora está em exame na CCJ. Demóstenes Torres (DEM-GO) foi designado relator da emenda.
Lista fechada
Um dos temas mais polêmicos da reforma também voltou para exame da Comissão de Justiça: a proposta ( PEC 43/2011 ) que institui o sistema eleitoral proporcional de listas fechadas nas eleições para a Câmara dos Deputados. A matéria, que tramita em conjunto com a PEC 23/2011 , foi rejeitada na CCJ, mas recebeu recurso para votação em Plenário. As propostas voltaram à comissão, por conta de requerimento pedindo para que tramitem em separado.
Matérias aprovadas
Do conjunto de 11 proposições apresentadas pela Comissão da Reforma Política ao presidente do Senado, José Sarney, duas já foram aprovadas: o PLS 265/2011 , que veda a transferência de domicílio eleitoral de prefeitos e vice-prefeitos durante o exercício do mandato, e o PLS 267/2011 , que trata da cláusula de desempenho partidário nas eleições. Ambas passaram pela CCJ em terminativamente e foram enviadas à Câmara dos Deputados.
Matérias rejeitadas
Os senadores rejeitaram duas propostas apresentadas pela Comissão de Reforma Política: a PEC 39/2011 , que acaba com a possibilidade de reeleição para presidente, governador e prefeito, e a PEC 41/2011 , que acaba com a exigência de filiação partidária para candidatos em eleições municipais. As matérias foram enviadas ao arquivo.
Fonte: Agência Senado

R.I.P Wando!


If i catch you! ... The BEST version of all the world!

O Grande sucesso do Michel Teló "Ai se eu te pego" na melhor de todas as versões!





Olha lááááááááá!!! kkkkkk

Participação excessiva da mulher na vida social do homem pode o deixar broxa



Mulheres que participam demais da vida social dos maridos podem ter problemas na cama
Foto: Divulgação

Mulheres que participam demais da vida social dos maridos podem ter problemas na cama
DIVULGAÇÃO


RIO - Homens cujas namoradas se dão muito bem com seus amigos sofrem na cama, afirmam cientistas. Um estudo realizado pela Cornell University descobriu que homens mais velhos que passam a maior parte de suas vidas sociais ao lado das parceiras são mais propensos a sofrer de disfunção erétil.

O fenômeno foi apelidado de "parceira de intermediação" - quando a parceira está sempre entre o homem e seus amigos. Cerca de 25% dos homens pesquisados passam pelo problema.

-Homens que convivem com uma 'parceira de intermediação' nas relações amorosas são mais propensos a ter problemas para obter ou manter uma ereção e também costumam ter mais dificuldades em atingir o orgasmo durante o sexo - comentou em entrevista ao "Daily Mail" Benjamin Cornwell, que realizou o estudo com Edward Laumann, da Universidade de Chicago.

Explica-se. Os cientistas dizem que esse tipo de relação míngua a sensação de autonomia e privacidade, que são centrais no conceito tradicional de masculinidade. Eles afirmaram que mulheres que tentam administrar a vida social do marido também podem vir a acumular problemas para si mesmas.

Os pesquisadores americanos também descobriram que homens que não têm muito tempo livre para passar com seus próprios amigos podem se sentir menos atraídos pelas parceiras. E disseram que não há nada de errado com a esposa fazer a maior parte da organização de suas atividades sociais conjuntas - já que as mulheres tendem a ser mais organizadas.

Mas eles afirmam que reduzir o contato com os amigos ao ponto de toda a socialização ser feita em conjunto pode ser perigoso. E sugerem que as mulheres devem encorajar seus maridos a passar mais tempo sozinhos com os amigos homens.

- A questão chave é se esse comportamento das mulheres reduz o contato dos homens com seus amigos enquanto aumenta o delas - por exemplo, se ela altera a programação dele ao ponto de seu contato com os amigos ocorrer cada vez mais no contexto de jantares com amigos - acrescentou o Professor Benjamin Cornwell, da Cornell University.

Os estudiosos analisaram dados do Projeto Nacional de Vida Social, Saúde e Envelhecimento, uma pesquisa de 2005 com três mil pessoas em Chicago, com idade entre 57 e 85 anos.

Edward Laumann, professor de sociologia da Universidade de Chicago, completou:

- O homem precisa ter alguém para conversar sobre as coisas que importam para ele - seja futebol, política, carro ou qualquer outro tema de seu interesse ou mesmo preocupação que ele queira dividir com os amigos.


Fonte: O Globo

STOP PIPA! STOP SOPA!

Sopa: 10 fatos que você precisa saber sobre a lei antipirataria

Parece que o movimento de protesto contra pirataria surtiu efeito e agora os projetos perdem força entre os políticos. Veja como se encontram os projetos de lei.Por: Mathew J. Schwartz | InformationWeek EUA

Os projetos de lei antipirataria norte-americanos Stop Online Piracy Act (Sopa) e Protect IP Act (Pipa) do Senado, causaram uma onda de protestos de vários sites e empresas de internet dos Estados Unidos. Cerca de sete mil sites cessaram seus serviços na quarta-feira (18/01) (como foi o caso da versão inglesa do Wikipedia) ou alteraram seu design para demonstrar sua oposição (como fizeram o Google e o Mozilla).

Parece que o movimento surtiu efeito e agora os projetos perdem força entre os políticos. Mesmo assim, com a oposição tomando forma, vamos ver como se encontram os projetos de lei:

Colégio de procuradores do MP dá posse a novo membro

Em Sessão solene na quinta (19) do Colégio de Procuradores presidida pelo procurador-geral de justiça, em exercício, Jorge de Mendonça Rocha tomou posse no cargo de procuradora de justiça, Maria Célia Filocreão Gonçalves, promovida pelo critério de Merecimento. A leitura do termo de posse foi feita pela procuradora de justiça, Maria da Graça Azevedo da Silva. A nova procuradora recebeu ainda o Colar do Mérito Institucional das mãos do procurador-geral de justiça, em exercício, Jorge de Mendonça Rocha.
O evento foi realizado na sede do Ministério Público em Belém, com a presença de mais de 200 pessoas entre membros do MP e autoridades dos poderes executivo, legislativo e judiciário além de familiares, amigos, convidados e servidores do MP. “A posse de uma nova procuradora de justiça neste Egrégio Colégio de procuradores de justiça traz consigo a marca da renovação e do crescimento” enfatizou o procurador-geral, em exercício, Jorge Rocha.
Destacou que a procuradora Célia Filocreão “é uma profissional que tem tido uma postura exemplar, e com a bagagem de conhecimento que adquiriu nestes 24 anos de atuação como promotora de justiça, sobretudo no interior do Estado”.
Finalizou sua saudação a procuradora ressaltando que “Hoje, temos, portanto, um Ministério Público em constante transformação e aprimoramento, mas que demonstra sua verdadeira feição de instituição voltada para a mterializado do almejado Estado Democrático de Direito, e a eminente procurador de justiça, Maria Célia Filocreão Gonçalves é personagem valiosa na construção desse quadro”.

Dilma perfurada é a grande responsável pela premiação!


O fotógrafo brasileiro Wilton Júnior foi distinguido nesta quinta-feira, dia 12, com o Prémio Internacional de Jornalismo Rei de Espanha, na categoria de fotografia, com uma imagem que mostra a presidente do Brasil, Dilma Roussef, aparentemente, atravessada por uma espada empunhada por um militar numa cerimónia em que eram prestadas honras militares à chefe do Estado brasileiro. De acordo com Wilton Júnior, a ideia era sintetizar “numa imagem política muito forte” o difícil momento que Dilma vivia em Agosto passado. 

O instante foi captado durante uma cerimónia de entrega de espadas a 441 cadetes da Academia Militar de Agulhas Negra, no Rio de Janeiro – dias após Rousseff ter perdido o seu quinto ministro em apenas oito meses de Governo, quatro deles acusados de corrupção.
A fotografia foi publicada no jornal "O Estado de S. Paulo", em 21 de Agosto de 2011 e, no dia 31 do mesmo mês, na revista "Veja", que a escolheu como "a imagem da semana". Mas segundo conta o sítio Mirada Photos, a publicação da imagem no Brasil “gerou críticas de distintos sectores”, que acusaram os meios de comunicação que a publicaram de serem “tendenciosos”.
“É bom quando uma imagem desperta um debate deste nível. Creio que o nosso papel é este: fazer com que as pessoas pensem”, afirmou Wilton Júnior à revista “Photo Magazine”. Para fazer a foto, Wilton, que vai receber 6 mil euros, utilizou uma lente de 400 milímetros, o que ajudou a registar o instante. 
Aos 37 anos, o fotógrafo disse que está "muito feliz e radiante" por ter recebido a distinção, a primeira internacional nos seus 19 anos de carreira, após ter sido finalista em 2003 do Prémio Ayrton Senna com uma fotografia intitulada "Caçada urbana".

Precisamos de você! Precisamos de Sangue!

A Fundação Hemopa volta a enfrentar deficiência do estoque de sangue do tipo O negativo.Diante da situação, a direção do hemocentro convoca antigos e novos doadores para efetuar coleta de sangue e contribuir para o atendimento satisfatório da demanda transfusional da capital e interior do estado, que compreende as necessidades de pacientes internados em 218 hospitais.Somente em Belém são 85.



Hoje o estoque dispõe de 388 bolsas de hemocomponentes.Desses 37 A Positivo; 12 A negativo; 182 O Positivo; 04 O negativo; 123 B Positivo; 07 B Negativo; 21 AB Positivo; 02 AB negativo. Não liberado 140.




Quem pode doar sangue: candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg . Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.


Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118

Celular e e-mail depois do expediente podem render hora extra

SÃO PAULO - A Lei 12.551 aprovada pela presidente Dilma Rousseff no fim do ano passado promete gerar polêmica na relação entre empresas e trabalhadores porque abre uma brecha para o recebimento de hora extra por e-mail respondido ou ligação de celular fora do expediente. Na prática, o texto da lei determina que o uso dessas ferramentas para fins corporativos equivaleria a uma ordem dada pelos empregadores.


Não há consenso entre a classe jurídica sobre como será o entendimento dos juízes e, por enquanto, qualquer decisão vai depender da análise caso a caso.

O preconceito existe e está por toda parte!

Desta vez ocorreu com a Mônica Bastos, no estado do Paraná!


Todo preconceito deve ser abolido de nossa sociedade!


Leiam o relato que ela fez através do FACEBOOK:



Ontem ao voltar pra casa, logo após sair do teatro, fui vítima de preconceito, dentro do ônibus. No momento não me dei conta e não levei a sério, só escutava um grupinho dando muita risada e em alguns instantes tive a impressão de estar sendo fotografada.O Fábio (meu noivo) e sua filha estavam sentados no banco da frente, como podem observar na foto e eu sozinha no banco de trás, ele colocou a mão pra trás e segurou minha mão, como sempre fazemos, e em alguns momentos fez cócegas no meu joelho e permaneceu segurando minha mão durante toda a viagem.Quando nos dirigimos a porta para descer do ônibus, pude observar o grupinho, era um pessoal alternativo, a maioria gay (o que pra mim não fez diferença alguma. dado que preconceito não tem gênero), desci do ônibus e fomos pra casa. Minha surpresa foi quando um amigo me chamou no facebook e disse que havia encontrado uma foto minha na web e me enviou o link. Foi então que minhas suspeitas se confirmaram, fui tomada por um sentimento de pura tristeza e passei a me perguntar, como uma massa que sente o preconceito na pele, diariamente, quer exigir respeito da sociedade ao passo que não respeitam as diferenças? Posso estar generalizando, mas que fique claro que refiro-me a pessoas específicas, são eles: Thiago Zelahttps://www.facebook.com/profile.php?id=100002530355042 (foi quem tirou e postou a foto), Matheus Bortolatto https://www.facebook.com/profile.php?id=100002404228642, Guilherme Hair https://www.facebook.com/profile.php?id=100002704417261 e Matheus Mattos https://www.facebook.com/profile.php?id=100002769277663, que comentaram de maneira preconceituosa!Todos erraram feio, mas na minha opinião, a situação tornou-se insustentável a partir do momento que eles usaram do pré-conceito nos seus comentários, a partir do momento que eles se acharam superiores, a partir do momento em que eles usaram a cor da minha pele e a cor do cabelo do Fábio para fazerem comentários e brincadeiras de mal gosto.Mandei uma msg no facebook pra eles, dois deles desculparam-se e se disseram arrependidos, o Thiago Zela (que postou a foto) logo após minha abordagem respondeu, dizendo que já havia feito a parte dele e ninguém mandou eu não ter respeito no ônibus! O que??? Falta de respeito Thiago? Da minha parte que não foi, vejo coisa muito pior diariamente, você fez coisa muito pior ao tirar aquela foto e arquitetar uma maneira de me humilhar publicamente!