Não bastando o dólar estar caro... o Governo resolveu aumentar o imposto na compra de moeda estrangeira!


O Governo aumentou o IOF na compra de moeda estrangeira de 0,38% pra 1,1%!
Um aumento de 189,474% na alíquota....
Isso significa que, para cada U$1,00 que você comprar, você pagará o valor da cotação da moeda (atualmente está na casa dos R$3,74) acrescido de 1,1! Desta forma, se você comprar U$1.000,00 hoje, você paga R$3.781,14, em vez dos R$3.754,21 de ontem!

A maioria das pessoas não tem noção do impacto desse aumento! Como as alíquotas de alguns impostos variam de acordo com o produto, fica praticamente impossível calcular quanto se paga de imposto para cada produto e também pela falta de costume de, ao menos, observar no cupom o quanto é pago de imposto para cada produto comprado.

Mas, gostaria que imaginassem a seguinte situação... você compra 10 ovos de galinha por R$4,00 - aqui no Pará, o ICMS tem alíquota de 17%..., então você paga R$3,42 de produto + R$0,58 de imposto...
...Então o Governo precisa cobrir os rombos dos gastos que fez de forma irresponsável e resolve aumentar a imposto em 189,474%... Emoticon wink
Você passaria a pagar, pelos mesmos 10 ovos, o total de R$ 5,10 (teoricamente, continuando pagando os mesmos R$3,42 pelo produto, mas pagando agora 1,68 de ICMS!) ... ou, pelos mesmos R$4,00, você poderia comprar apenas 7 ovos!
Agora imagina que sua família toda tenha um consumo de 1.000 ovos por dia.... todos os dias!

Algumas observações sobre o assunto:
  • Há 14 anos atrás, o ovo era vendido a R$0,10 (valor já acrescido de impostos);
  • O Governo aponta a necessidade de aumentar a arrecadação (para cobrir os rombos de gastos irresponsáveis) como argumento para o aumento, mas infelizmente é sabido que, sempre que há aumento de impostos, o aumento efetivo é da sonegação, neste caso, as pessoas que queiram comprar dólares buscarão "vias alternativas" para burlar o pagamento de imposto! (não estou fazendo apologia à sonegação, apenas citando fatos concretos)
  • Na sexta-feira (29/04) o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq anuncia a interrupção da seleção de projetos de pesquisas por falta de verba... no mesmo dia, o Governo Federal publica a MP 722, que abriu crédito extraordinário de R$ 180 milhões, sendo R$ 100 milhões destinados para a Presidência gastar com comunicação institucional e com publicidade de utilidade pública e R$ 80 milhões para o Ministério do Esporte. para gastar com infraestrutura das Olimpíadas do RJ... e no Domingo a Presidente anuncia o aumento de 9% no benefício do programa Bolsa-Família.

[Webinar] Sebrae promove seminário on-line gratuito para esclarecer e informar sobre MEI - Micro Empresário Individual



Para celebrar a Semana do Microempreendedor Individual, que está acontecendo nesta semana, o Sebrae/SC está promovendo gratuitamente um seminário online transmitido via web (webinar).

Será amanhã, dia 03/05 às 19h00 ao vivo, e o tema será “Microempreendedor Individual (MEI) – Começando pequeno e pensando grande”.

O Seminário contará com a participação de especialistas do Sebrae, onde será discutido como se tornar um MEI, abordar sobre este regime de tributação, e diversas dicas e informações de como começar pequeno e crescer.

Ineressados em paticipar deverão fazer sua inscrição através do endereço:

Detalhes do seminário:

Tema: Microempreendedor Individual (MEI) – Começando pequeno e pensando grande.
Convidados: Carlos Eduardo Santiago, gestor nacional do Sebrae, Helena Maria Chagas, consultora em empreendedorismo, Grégori Roberto Motta, da empresa Idea Soluções Inteligentes, Fernanda Sant’Ana Furtado, da empresa Turma da Pulga (Vencedora Prêmio Sebrae Mulher de Negócios – Categoria MEI – 2015).
Dia: terça-feira (03/05)
Horário: 19h00, com 1 hora de duração